CIRURGIA ORTOGNÁTICA

A cirurgia ortognática é um procedimento necessário para corrigir e reposicionar os ossos da mandíbula e maxila, por consequência, o posicionamento dentário de pacientes que apresentam diferentes graus de assimetria nas regiões.

O posicionamento inadequado da mandíbula e maxila podem prejudicar não só a aparência da face, mas também aspectos funcionais, como o funcionamento a articulações da mandíbula (articulação temporo mandibular ou ATM), a saúde dos tecidos periodontais e até a função respiratória.

A cirurgia ortognática traz resultados muito assertivos e seguros, tanto em relação às muitas melhorias na qualidade de vida do paciente, em sua autoestima e na estética facial.

A técnica proporciona modificações estéticas muito positivas para a harmonia da face. Uma das maiores vantagens dessa técnica é a ausência de cicatrizes, pois a intervenção é realizada na parte interior da boca.

Quando a cirurgia ortognática é recomendada?

Geralmente, os fatores que desencadeiam anomalias do crescimento ósseo na região têm causas genéticas, e quando são acentuadas, acabam causando a desarmonia na estrutura dos maxilares. Como se trata de um problema originado nos ossos, a sua correção precisa ir além do tratamento com aparelhos ortodônticos.

Por se tratar de uma solução definitiva para solucionar a assimetria óssea, a cirurgia ortognática requer um planejamento prévio cuidadoso por parte do cirurgião, do ortodontista e do paciente. É comum que o uso de aparelho ortodôntico anteceda o procedimento, pois o dispositivo auxilia no posicionamento estratégico dos dentes antes da realização do reposicionamento dos ossos da face.

O resultado final é notável e trará melhorias perceptíveis para o seu rosto e sorriso.

MARQUE UMA CONSULTA