ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

A ortopedia funcional dos maxilares (OFM) é indicada para pacientes em fase de crescimento e desenvolvimento (crianças) que apresenta problemas nos ossos da face (mordidas abertas e profundas, maxila atresica, queixo para frente e para trás). Em paciente que apresentam este tipo de problema é preciso realizar o tratamento o quanto antes para evitar que o paciente desenvolva deformidades faciais, evitando cirurgias futuramente.

O tratamento desta especialidade é feito com aparelhos que produzem estímulos na rede dos neurônios sensoriais da região bucal, onde leva a mensagem até o sistema nervoso central que, por sua vez, responde remodelando estruturas ósseas, musculares, articulares e funcionais. Por se basear na utilização de aparelhos móveis que remodelam as estruturas ósseas, musculares e de articulação da face através de estímulos sensoriais, o tratamento se torna indolor e pouco invasivo promovendo melhora na funcionalidade da arcada dentária.

Pode e deve ser iniciado até mesmo na dentição de leite, até porque quando as necessidades são menores mais favorável será o resultado. Se os problemas funcionais e suas consequências morfológicas forem diagnosticadas em idades mais avançadas, deve-se começar o tratamento o mais rápido possível.

O tratamento proporciona outros benefícios como a capacidade de respirar melhor pelo nariz que pode influênciar positivamente na diminuição e o controle do ronco e da apnéia. A OFM é utilizada em contenções de tratamentos ortodônticos onde os desvios funcionais não foram totalmente sanados, em contenções pós cirurgia ortognática, nos tratamentos Disfunções Temporomandibulares (DTM) e Dor Orofacial (DOF), com causa local, em tratamentos de ronco e apnéia noturna.

MARQUE UMA CONSULTA